Conteúdo exclusivo para agricultores e outros profissionais do setor agrícolaDeseja continuar?

Não
Voltar à vitrine de notícias
Escrito por Movimento Fora Buva e Amargoso

A quarta estimativa de safra de soja mato-grossense traz novas leituras, atualizando as expectativas de área, produtividades das regiões e produção da oleaginosa. As informações foram divulgadas pelo Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) na segunda-feira (05/03). A estimativa da área a ser destinada a soja nesta safra foi revisada em 39,7 mil hectares, em relação ao levantamento realizado no mês de fevereiro, agora ficando prevista em 9,46 milhões de hectares.


Safra de soja 2017/2018

Com relação à produtividade, neste momento com boa parte das lavouras já colhidas, as perspectivas acerca dos rendimentos a serem obtidos na safra de soja mato-grossenses começam a tomar forma. Em uma análise regional, as regiões nordeste e sudeste apresentaram, em relação à safra 16/17, retração de 0,24% e 0,13%, com produtividades de 53,60 sacas por hectare e 55,82 sacas por hectare, respectivamente.  

 

Produtividade da soja

As demais regiões apresentaram alta, com destaque para as regiões centro-sul e oeste, que registraram aumento de 2,92% e 6,92%, e produtividades de 56,38 e 57,73 sacas por hectare, respectivamente. “Ainda cabe a ressalva da última estimativa, que apesar destas modificações dentro das regiões, observou-se produtores desfrutando de produtividades históricas e outros vivenciando problemas com as chuvas, dentro do mesmo município”, diz o Imea. “Porém, ao passar da régua, para o Estado são previstas 55,68 sacas por hectare, aumento de 1,06% ante a safra passada.”  

Desta forma, com o ajuste na área e na produtividade esperada, a produção estimada para a safra 2017/2018 é de 31,79 milhões de toneladas, aumento de 517,8 mil toneladas quando comparado à safra 2016/2017.


Fonte: SF Agro